Dados VS Informação: Qual a diferença? Por Diego Elias

No nosso dia-a-dia ouvimos muito sobre dados e informação. Mas sabemos qual a real diferença entre esses dois termos? No primeiro momento podemos até achar que tudo é a mesma coisa, pensar que os conceitos são os mesmos, mas na verdade não são! Dado é uma coisa, informação é outra. Veremos...

Ambos são o alicerce para a construção do conhecimento. Sem dados e informações isto seria impossível. Mas afinal, qual seria a diferença então?

O dado não possui significado relevante e não conduz a nenhuma compreensão. Representa algo que não tem sentido a princípio. Portanto, não tem valor algum para embasar conclusões, muito menos respaldar decisões.

 

A informação é a ordenação e organização dos dados de forma a transmitir significado e compreensão dentro de um determinado contexto. Seria o conjunto ou consolidação dos dados de forma a fundamentar o conhecimento.

Quanto mais nos distanciamos dos dados maior é a abstração, como mostrado na figura abaixo:

Vamos à PRÁTICA:

AZUL

 

GRANDE

 

CASA

Tem algum significado para você os dados acima? Te converge para alguma conclusão? Mas se eu disser: "A CASA AZUL É GRANDE". Pronto, agora sim, obtivemos uma informação na organização desses dados.

Outro exemplo:

MANGA

 

Podemos tirar alguma informação desse dado? Alguém pode até preconceituar: "AH! MAS MANGA É UMA FRUTA". Mas quem pode afirmar? Ninguém! O dado no exemplo pode, por ventura, estar ligado a informação de que "A MANGA DA CAMISA É CURTA".

 

Perceba que o que muda de um conceito para outro é o nível de abstração. Dado é o menor nível de abstração da informação, sendo o fato em sua forma primária. Os dados geram informação, que por sua vez fornece o conhecimento.

 

 

Mas o que isso tem haver com BI? Tudo! No BI, por exemplo, temos o intuito de visualizar informações para adquirir o conhecimento necessário para a tomada de decisão. O BI tem justamente esse propósito, aumentar o nível de abstração dos dados para fornecer informações relevantes à organização. É muito importante que tenhamos esses conceitos bem claros. O BI permite tirar o dado de sua forma estática, para um estado dinâmico, permitindo o cruzamento e relacionamento de informações necessárias para a geração do conhecimento. E esse é o grande desafio!

 

As empresas, hoje em dia, têm exatamente essa preocupação com a informação. Onde antigamente necessitavam de dados, hoje a inquietação é pela transformação da grande quantidade de dados existentes em informação decisiva. Elas serão o grande subsídio dos gestores, que obtém o conhecimento através da noção sobre as informação, possibilitando assim a tomada de decisão de forma mais pautada.

 

Os conceitos são um pouco confusos pois a subjetividade é inerente à avaliação do limiar dessas abstrações. Quanto maior a abstração, mais complicado é a compreensão. Mas espero que o artigo realmente tenha ajudado no entendimento desses termos.

 

Precisa de ajuda? Envie um e-mail através do espaço para CONTATO. Para receber as próximas atualizações e artigos por e-mail, clique AQUI e inscreva-se.

Até o próximo artigo!

 

© Copyright 2019 - Todos os direitos reservados.