ETL Humano - Sua Empresa Possui?Por Grimaldo Oliveira

Grande parte dos projetos na área de dados, são executados com leitura de diversos dados armazenados em n-dispositivos diferentes (arquivos csv, txt, json, xml, banco de dados locais e em nuvem, dentre outros). Entretanto, trabalhar com esta magnitude de opções causa um certo descontrole se não for bem orquestrado.

Sim, esta é a palavra: ORQUESTRADO. Como músicos em uma orquestra, que possuem funções extremamente determinadas, e que acompanham o maestro no momento exato de entrar em cena, tocando o seu instrumento em específico, a construção de projetos que envolvem dados segue a mesma metodologia. Deve existir um profissional de dados que organize (similar ao maestro) e determine qual conteúdo deva ser carregado de acordo com assunto e importância (momento do músico tocar o seu instrumento).

As organizações possuem ritmos e formatos próprios. Para que seus negócios possam ter sucesso, quando iniciam com projetos que envolvem a cultura de dados, devem saber que um "maestro" dos dados chegará e mudará em muitos casos a forma e o meio que os dados serão utilizados na corporação.

Infelizmente, muitos gestores não encaram com naturalidade esta mudança, resistindo às metodologias de mercado e criando uma resistência para mudar seu mindset, na qual a banda que irá tocar será outra, organizada e preparada para levar a empresa a outro patamar na gestão por dados.

Vamos destacar algumas situações que podem estar ocorrendo na sua instituição e que se caracterizam pelo tema "ETL HUMANO", que podemos definir como sendo o trabalho dos profissionais de TI na busca por informações para preparação exclusiva de silos de dados para os gestores da empresa. Vejamos:

  • Toda a carga dos dados é diretamente baseada em tabelas e visões operacionais de banco de dados exclusivas para um determinado assunto, ignorando a expansão futura dos dados;

  • É sempre construído um repositório exclusivo que atenda a apenas 1, 2 ou 3 relatórios e painéis;

  • O gestor de negócio só trabalha exclusivamente com o analista de TI "fulano" ou "beltrano";

  • Somente o relatório gerado pelo gestor "sicrano" é que mantém a organização em funcionamento;

  • Antes de preparar relatórios é necessário aguardar toda a verificação a "olho nu" do seu gestor de negócios.

Se a sua empresa possui estas características, lamento lhe informar que está implantada a cultura do "ETL HUMANO". Mas nem tudo está perdido, faça um bom levantamento de todas estas necessidades que estão isoladas em pessoas e repositórios, estruture uma base de dados diferente do operacional da empresa que garanta: integridade, qualidade e que seja automatizada. Evite que pessoas específicas ditem o processo de acordo com a sua interpretação, pois o negócio é da empresa e com certeza não viveremos para sempre.

Conheça o BI PRO, a maior formação de Business Intelligence do Brasil, através do site www.bipro.com.br.

© Copyright 2019 - Todos os direitos reservados.